Eveline


"l guess you know what kind of peoplel'm talking about..." 



Gosto da chuva, gosto de prestar atenção nela. Hoje acordei bem cedo e a primeira coisa que percebi foi que havia uma chuva forte caindo e o céu cinza mudo. Então houve aquele momento que lembrei do meu filme preferido. Sim, custou muito  pra elegê-lo mas a verdade é que  'Minha Vida sem Mim' é meu filme preferido. Há uma razão pra isso. Sim, há, mas não sei explicar muito bem e acho que nem preciso. Eu só sei que ele é meu preferido por um monte de coisa que tem dentro dele. Bem, a questão é... está chovendo. E por um monte de motivos, que não interessam muito a um blog,  posso dizer que a chuva traz um monte de coisas para o lado de dentro. Sensações vêm junto com a chuva, parece que tudo que se traduz, é traduzido através do todo da chuva e de tudo que tem nela: o cheiro, o gosto, a sensação de quando ela bate no corpo da gente ou do lado de dentro. Bem, se há algo que traduz todas sensações que são os dois minutos iniciais do filme "My Life Without me".   São os  dois minutos iniciais do filme, na verdade, os menos de dois minutos iniciais mais bonitos que já vi em um filme. Segue abaixo o vídeo legendado e logo depois está o texto em inglês, que é mais bonito ainda. Acho que não preciso de  mais palavras, pois o vídeo traduz o que queria escrever.



This is you.                 
Eyes closed, 
out in the rain.   
You never thought you'd be doing 
something like this.             
You never saw yourself as,                 
l don't know
how you'd describe it, as...                 
like one of those people                  
who like looking up at the moon,                  
or who spend hours gazing at
the waves or the sunset or...                    
l guess you know what kind of people
l'm talking about                   
Maybe you don't                  
Anyway, you kinda you kinda 
like it being like this,            
fighting the cold                  
and feeling the water seep
through your shirt 
and getting through to your skin.                
And the feel of the ground                  
growing soft beneath your feet                    
and the smell. 
And the sound of the rain 
hitting the leaves. 
All the things they talk about 
in the books that you haven't read.
This is you.
Who would have guessed it?.
You.



Boas chuvas  e bons cafés...

Eveline. 
edit post
Reações: 
2 Responses
  1. Lu Says:

    Cantinho ótimo para acordar com preguiça e se perder um tempinho. Que texto inspirador! Todos são na verdade.


  2. Lu Says:

    Cantinho ótimo para acordar com preguiça e se perder um tempinho. Que texto inspirador! Todos são na verdade.


Postar um comentário

Como estava o Café? Alguma Palavra a deixar?