Eveline

não presto pra seguir um relógio, os ponteiros sempre me atropelam. Eu odeio despertadores. Não presto pra seguir caminhos definidos, tenho medo de cursos sinuosas, mas sempre caio nesses caminhos. Não presto para falar o tempo todo, pra ficar perto de todos sempre. Não presto pra comer a mesma coisa todo dia, sempre preciso de novos sabores. Não presto porquê não presto. Não presto porque meu coração não tem algorítimo. Não presto porquê amo madrugadas e é difícil acordar pra o horário definido. Não presto porquê o suficiente não me basta, quero mais e quero sempre. Não presto porquê não sei ser, apenas sou. Não presto porquê sinto demais. Não presto porquê prefiro Woody Allen. Não presto porquê não presto. Não presto  porque não gosto que pessoas tenham acesso acesso a minha transparência. Não presto porquê sou lenta de manhã e não sei ser prática quando acordo. Não presto porquê nunca tive coragem de dizer que estava apaixonada pelo último cara que me apaixonei. Não presto porquê me apaixonei por ele. Não presto porquê ele nunca saberá. Não presto porque estou cansada de ser. Estou cansada. Não presto porquê sou feliz demais dentro das minhas entrelinhas. Não presto porque escrevo sem saber qual a próxima linha.

Eveline

Planejar! Acredito que essa seja uma das coisas mais difíceis que eu possa pensar em fazer. Ao mesmo tempo que sou uma pessoa ansiosa, também tenho problemas com rotinas e com coisas muito pré-estabelecidas. Gosto do inesperado, sinto necessidade de mudança sempre. Gosto de surpresas , das boas, claro. Me incomoda um pouco acordar e saber exatamente como vai ser meu dia. Prefiro a leveza da ausência de um relógio. Mas anyway, acredito que isso seja uma das necessidades impostas pela escolha de uma vida social.  Hoje, dei aula pela manhã e corri pra casa, pra minha concha, pra tentar organizar tudo para a semana que vem... preparar aulas, arrumar a casa, escolher filmes e livros...mas daí vem a parte mais difícil disso tudo, pensar em horários. Semana que vem parece ser realmente a semana que  o ano vai começar pra mim. Volto a dar aulas na outra escola que trabalho, além da universidade... daí preciso pensar sobre horários pra tudo, inclusive pra comer. Isso tudo me deixa nervosa. Eu como uma boa taurina ( e isso não necessariamente quer dizer alguma coisa), preciso de uma organização externa na vida, porque, do contrário, acabo bagunçando tudo do lado de dentro.

Hoje, achei na intenet um planner gratuito, cheio de coisinhas legais. O planner é desenvolvido por Michella Souza e está disponível para download, mas apenas para uso pessoal e não para comercialização. Vamos respeitar o trabalho da blogueira. 
Lá, dá pra organizar tudo, ou quase tudo na vida, filmes, trabalhos, alimentação, séries de tv, livros, metas ...tanta coisa. Acho que estou precisando de algo assim no momento. Preciso me organizar, pois há ainda algumas metas a alcançar e pra isso é preciso planejar. Não sou boa nisso,  definitivamente, mas é preciso. Começo fevereiro afirmando que vou tentar. Sim, tentar. 
Eveline.